Notícia

21/09/2019 às 14h39 - atualizada em 21/09/2019 às 14h53

30

Ascom

Oeiras / PI

Cuidando da casa comum: Seminário promovido pelo CEFAS reuniu órgãos e entidades em Defesa do Meio Ambiente
Somente quando for cortada a última árvore, pescado o último peixe, poluído o último rio, que as pessoas vão perceber que não podem comer dinheiro.” (Provérbio Indígena)
Cuidando da casa comum: Seminário promovido pelo CEFAS reuniu órgãos e entidades em Defesa do Meio Ambiente

A preservação e a proteção do meio ambiente são questões que vem sendo cada vez mais discutidas e debatidas no mundo. Nos dias 19 e 20 de setembro, o CEFAS (Centro Educacional São Francisco de Assis) em parceria com a FUNDED (Fundação Dom Edilberto) e as EFADEs (Escolas Família Agrícola), realizaram I SEMINÁRIO sobre MEIO AMBIENTE com o tema: Meio Ambiente Nossa Casa Comum; lema “Somente quando for cortada a última árvore, pescado o último peixe, poluído o último rio, que as pessoas vão perceber que não podem comer dinheiro.” (Provérbio Indígena).

O seminário teve como idealizador padre João de Deus, reunindo centenas de pessoas no salão de encontros do ECC. Sensibilizado com as mudanças provocadas pelo ser humano no ambiente em que vive o pároco da Sagrada Família justificou as razões em chamar a sociedade para uma conversa e buscar saídas para preservação do meio ambiente. "necessitamos unir a sociedade na busca de um desenvolvimento sustentável e integral, conscientizar à partir das consequências tão perversas da degradação ambiental que estamos vendo” observou, padre João de Deus.

Logo na abertura do evento, padre Lael Rubem realizou um momento de reflexão bíblica. Em seguida, houve uma mesa redonda que contou com a participação de diversos convidados, entre os quais, Dom Edilson Nobre que falou do SINODO DA AMAZÔNIA que acontecerá de 6 a 27 de outubro no Vaticano, e terá como principal objetivo discutir novas formas de evangelização para recuperar o espaço perdido pela Igreja Católica na Amazônia, sobre tudo abordará a preservação da floresta.

“A primeira encíclica do papa Francisco, a "Louvado seja", é dedicada à natureza e pede a proteção da "casa comum", além da criação de modelos sustentáveis de desenvolvimento” lembrou dom Edilson, bispo da diocese de Oeiras.

Também participaram da mesa redonda, representando o 14º BPM a policial militar cabo Marenilda, jornalista Edivan Pereira da Cáritas Diocesana, agricultora Dalva da localidade Canadá Corrente.

O seminário também contou com a participação  do geógrafo Emanuel Vital que enfatizou os impactos ambientais provocados pelas ações humanas. Já o professor Marcondes do IFIPI Campus Oeiras, tratou do uso de agrotóxicos e a extinção de abelhas. Marcos Jacob, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) falou de agroecologia e práticas sustentáveis.

Com o crescente uso da energia solar visando a sustentabilidade, o técnico eletrônico Joaro Vieira da JM SOLAR também esteve presente e pode tirar dúvidas dos participantes sobre desafios da energia solar fotovoltaica no Brasil. Além disso, a organização do seminário também convidou representantes da secretaria municipal de meio ambiente do municio de Oeiras,  que na ocasião, destacou-se  as queimadas e as políticas publicas de preservação do meio ambiente adotadas pelo município. Já integrantes da FETAG – Federação dos Trabalhadores na Agricultura, discutiram sobre o desmonte das políticas publicas ambientais no Brasil.

E para concluir o I SEMINÁRIO SOBRE MEIO AMBIENTE, os técnicos do CEFAS falaram de práticas sustentáveis, reflorestamento (mudas nativas,revitalização de riachos e rios)   

O seminário foi aberto a toda população, aconteceu no ECC, bairro Oeiras Nova e contou também com a participação de alunos das escolas agrícolas da Fundação Dom Edilberto e IFIPI – Instituto Federal do Piauí.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium