Notícia

14/11/2019 às 10h43

75

Ascom

Oeiras / PI

Mais 50 famílias assinam contratos de doação do loteamento Sagrada Família em Oeiras
Ao todo serão beneficiadas 550 famílias, cada uma recebe uma área equivalente 1500 metros quadrados
Mais 50 famílias assinam contratos de doação do loteamento Sagrada Família em Oeiras

Foi durante amanhã desta quarta-feira (13) a assinatura de contratos de doação de terras do Loteamento Sagrada Família, localizado as margens da PI 143 que liga Oeiras a Colônia do Piauí. "Somente nesta quarta-feira, 50 famílias compareceram ao salão de encontros do ECC para apresentação e assinatura do contrato de doação" foi o que disse José Inácio Madeira, coordenador de equipes do CEFAS.

Ao todo serão beneficiadas 550 famílias, cada uma recebe uma área equivalente 1500 metros quadrados.

Somando as etapas de assinaturas já realizadas agora já são 123 famílias contempladas, pessoas que antes não tinham terras e que agora passaram ater graças a ação missionária da igreja católica através do padre João de Deus, presidente da Fundação Dom Edilberto Dinkelborg.

Todo o trabalho de seleção das famílias é desenvolvido pelo CEFAS - Centro Educacional São Francisco de Assis. E conta com supervisão jurídica da OAB Subseção de Oeiras, que na ocasião, foi representado pelo presidente o advogado Adriano Dantas.

Durante encontro de assinatura de contratos, o religioso ressaltou o trabalho desenvolvido pela igreja católica, onde o propósito esta em permitir que as pessoas vivam com dignidade, possam construir sua casa e tenham quintal produtivo já que a área doada possibilitará tudo isso.

Padre João de Deus aproveitou o momento para falar da Jornada Mundial do Pobres que acontece de 17 a 24 de novembro em Oeiras, uma programação especifica será desenvolvido pela paróquia da Sagrada Família.

“A semana mundial dos pobres não é para estimular a pobreza mais sensibilizar aos que estão acima da linha da pobreza, o nosso desejo é que reconheçam aqueles que estão abaixo da pobreza e busquem colaborar na transformação desta realidade”, afirmou padre João de Deus.

A questão da pobreza ressaltada pelo pároco da Sagrada Família  pode ser comprovado em dados recém divulgados pelo Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do IBGE que revela 41,9% da população piauiense está abaixo da linha da pobreza ou seja, 1,3 milhão de piauienses estão abaixo da linha da pobreza. 

No que se refere adoção de terras no loteamento Sagrada Família, a Fundação Dom Edilberto juntamente com CEFAS e parceiros, esperam o mais breve possível esta concretizando a entrega dos 550 lotes as famílias cadastradas no projeto.

Por Claudevândio Macêdo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados
desenvolvido por: Site desenvolvido pela Lenium